sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

EXCELENTE ANO DE 2017


quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

ANO NOVO 2017

Este ano vamos dar alguns conselhos úteis de como receber o Ano 2017 (ano ocidental), para que o Ano Novo seja mais positivo possível.
Um dito popular diz “Ano Novo Vida Nova”, que quer dizer de forma simples e resumida: conclui-se um ciclo e começa-se um novo, ou seja, é melhorar o que se pode e o que correu bem e esquecer o que não correu tão bem.
Um dos costumes mais tradicionais do Feng Shui para receber o Ano Novo é fazer uma limpeza o mais escrupulosamente possível e ter especial cuidado com a entrada da residência, é por aí que entra a maior parte da energia do Chi, a entrada deve ter uma apresentação cuidada. Deve-se incluir a purificação do espaço com incenso ou com óleos essenciais. Organize a sua residência com equilíbrio e harmonia e não deixe visíveis as vassouras ou as facas. Decore a sua casa com plantas vivas de preferência com flores para simbolizar o renascimento e um novo começo.
Tenha no frigorífico, combinado ou arca frigorífica e na despensa aprovisionamentos. Coloque na zona de refeições, uma fruteira com laranjas maduras, pois elas simbolizam o ouro, junto tenha também um prato com frutos secos, como símbolo da abundância.
Na passagem do ano, à meia-noite, abra as portas e as janelas para deixar sair a energia do ano que saiu e entrar a energia do ano que começa. Caso esteja muito frio, abra só um pouco e o tempo suficiente (1 ou 2 minutos) para renovar a energia.
No dia de Ano Novo celebre, faça uma festa com a família, onde fazem o balanço das coisas positivas e como melhorá-las este ano que está a começar e das coisas negativas, sem lhe dar grande importância, mas tire daí uma lição de vida para cada situação, tanto positiva como negativa.

O primeiro dia do ano condiciona em boa parte a energia do ano que começa, por isso utilize palavras positivas, alegres com boa energia, assim como nas suas ações. Na comida e na bebida seja comensurado (não cometa excessos) e de preferência que as mesmas sejam saudáveis. Na roupa evite o preto e o branco, utilize antes cores alegres. Aproveite para usar as suas jóias e assim chamar a prosperidade.


Deseje aos seus vizinhos, conhecidos, amigos, família um Excelente Ano.
FELIZ FINAL DE 2016 
E UM EXCELENTE ANO DE 2017

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

JIAOZI 饺子, UMA DAS DELICIAS DA CULINÁRIA CHINESA

A história
Na China, existem várias lendas que explicam a origem do jiaozi e do seu nome.
Parece que foram ‘inventados’ durante a dinastia Han Oriental (AD 25-220) por Zhang Zhongjing, que era um grande praticante da medicina tradicional chinesa. Os Jiaozi receberam o primeiro nome de “orelhas ternas” (娇 耳 –  jiao’er), porque eles foram usados para ajudar as pessoas a esquentarem suas orelhas no inverno. 
Mas, reza a lenda que Zhang Zhongjing estava a caminho de casa durante o inverno, quando percebeu que muitas pessoas comuns tinham ouvidos gelados, porque não tinham roupas quentes e comida suficiente. Ele então preparou um guisado de cordeiro com pimentas e algumas ervas medicinais em uma panela, e usou para rechear a massa tradicionalmente usada na culinária chinesa. Colocou os jiaozi para cozinhar num caldo temperado e distribuiu para as pessoas. Isso ocorreu perto do ano novo chinês, a época mais fria do ano.
Mais tarde, a fim de celebrar o Ano Novo, de uma forma que aquece o corpo, inclusive as orelhas, as pessoas começaram a copiar a receita de Zhang para fazer Jiao’er.
Outras teorias (sabem como é a sabedoria popular, sempre tem uma história interessante para tudo) sugerem que jiaozi pode ter derivado de bolinhos asiáticos. Na dinastia Han ocidental (206 BC – AD 9) jiaozi (饺子) foram chamados Jiaozi (角子) – percebam que a diferença está no primeiro caractere, que no segundo nome significa ‘chifre’.
Durante o período dos Três Reinos (AD 220-280), o livro Guang Ya, escrito por Zhang Yi, menciona jiaozi. Yan Zitui, durante a dinastia Qi (550-557 dC) escreveu: “Hoje, o jiaozi, em forma de lua crescente, é um alimento comum no mundo”. Mais tarde, na dinastia Tang (AD 618 – 907), o jiaozi se tornou mais popular, chamado Bian Shi (扁食).
O formato do jiaozi também é semelhante ao ‘yuan bao’ usado como moeda
durante a Dinastia Ming, e por essa semelhança com o formato da antiga moeda chinesa, eles acreditam que esse bolinho traz a prosperidade. É muito comum servirem os jiaozi no jantar da véspera do ano novo chinês. Também é comum esconderem uma moeda limpa dentro de um jiaozi para que alguém encontre e, claro, será a pessoa mais sortuda da festa!
Hoje em dia, jiaozi são servidos durante todo o ano no café da manhã, almoço ou jantar. Eles podem ser servidos como um aperitivo ou como o prato principal. Algumas vezes podem ser  o último prato da refeição. São cozidos no vapor, em cestas especiais de bambu e servidos com de molho de soja e gengibre. Os recheios variam muito: de carne a legumes, tudo que você imaginar.

Receita de 饺子 (jiǎo zi)
Para duas pessoas.
Meio quilo de farinha de trigo sem fermento;
Três abobras (Mais ou menos 800g)
Uma colher de sopa de óleo de soja
Uma pitada de sal
4 ovos
Modo de preparo:
1) Massa: Misture aos poucos a farinha com um pouco de água morna e mexa bem até dar liga, então passe a amassar com as mãos até formar uma massa parecida com massa de pão. Deixe a massa descansando por cerca de 15 minutos;
2) Recheio: (Geralmente é de carne ou legumes, mas pode fazer com carne moída já pronta e temperada ou carne de porco, costela, etc. Na China, o mais comum é legume ou carne de porco)
Lave bem e retire as sementes da abóbora e depois triture ou faça um picadinho bem pequeno, adicione uma pitada de sal e deixe descansar uns cinco minutos e esprema para sair toda a água;
Bata os ovos com batedeira ou com a mão e frite em um pouco de óleo de soja, fazendo ovos mexidos.
Misture os ovos mexidos com a abóbora processada até formar uma mistura homogénea;
3) Corte a massa em pequenos pedaços sempre untando com farinha para não grudar. Depois de cortada, amasse para formar uma espécie de mini panqueca, então recheie e tenha cuidado de fechar bem para não vazar o recheio (veja como no vídeo).
4) Deixe uma panela de água no fogo até ferver e então coloque lentamente os 饺子 de um a um;
5) Quando todos estiverem na superfície, adicione um pouco de água fria. Repita o processo três vezes.
6) Retire da água e sirva com molho shoyu.
informação tirada da net  

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

GUIA DE FENG SHUI PARA A CASA


O Guia de Feng Shui Para a Casa guia como se deve organizar e ter cada parte da residência, desde da entrada a cada assoalhada. Como referência temos as cores, materiais, objetos, tamanhos, ...

Indice
- Hall de entrada
- Sala de Estar
- Sala de Refeições
- Cozinha
- Quarto de casal
- Quarto de solteiro
- w.c.
- Corredores
- Escadas

Estamos a fazer uma promoção de lançamento do nosso Guia de Feng Shui Para a Casa, até ao dia 16-12-2016, inscreva-se: https://form.jotformeu.com/63483313014346

É VERDADE QUE ARRUMAR DÁ SORTE?

"Devido à popularidade do feng shui, as pessoas perguntam-me muitas vezes se arrumar dá sorte. O feng shui é um método para aumentar a boa sorte através da organização de um espaço. Começou a ganhar popularidade no Japão há cerca de quinze anos, e agora é bastante conhecido. Para muitas pessoas, o feng shui foi a primeira coisa que as fez interessarem-se por organizar e arrumar a casa. Não sou especialista em feng shui, mas estudei os rudimentos como parte da minha pesquisa sobre arrumação. Se acredita ou não que ele pode melhorar a sua sorte, isso é consigo, mas já desde os tempos antigos que as pessoas no Japão aplicam os seus conhecimentos de feng shui e princípios de orientação nas suas vidas diárias. Também eu aplico a sabedoria dos nossos antepassados à minha prática de arrumação. Por exemplo, quando dobro e ponho a roupa na vertical na gaveta, organizo-a por cor para formar um degradé do mais escuro para o mais claro. A ordem adequada é colocar a roupa de cor clara na parte da frente da gaveta e progredir gradualmente para as cores mais escuras na parte de trás. ... . Por alguma razão, ter roupas mais claras à frente parece ter um efeito calmante. Se organizar o seu espaço para que fique confortável e se sinta entusiasmado e feliz todos os dias, não diria que a sua sorte aumentou?
Os conceitos subjacentes ao feng shui são as forças opostas do yin e do yang e os cinco elementos (metal, madeira, água, fogo e terra). A crença básica é que tudo tem a sua própria energia e que cada coisa deve ser tratada de uma forma que se coadune com as suas características. Para mim, isso parece-me perfeitamente natural. A filosofia do feng shui é realmente sobre viver de acordo com as regras da natureza. O propósito da minha abordagem à arrumação é exatamente o mesmo. O verdadeiro objetivo da arrumação é, creio eu, viver no estado mais natural possível. Não acha que é pouco natural possuirmos coisas que não nos trazem alegria ou coisas de que realmente não precisamos? Acredito que possuir apenas aquilo de que gostamos e de que precisamos é a condição mais natural.
... . Se isto é boa sorte, então estou convencida de que arrumar a nossa casa é a melhor maneira de alcançá-la."

transcrito do livro: Arrume a sua casa arrume a sua vida de Marie Kondo
------
Ao arrumar e organizar a nossa casa estamos a influenciar a nossa mente a organizar-se indo refletir-se em todos os aspetos da nossa vida: saúde, carreira felicidade,..
Escolhemos estes textos que temos vindo a publicar do livro acima, terminando com este, para vos indicar a importância que tem a Organização do Lar em todos os aspetos da vida e porque o Feng Shui os considera de máxima importância.

Estamos a fazer uma promoção de lançamento do nosso Guia de Feng Shui Para a Casa, inscreva-se: https://form.jotformeu.com/63483313014346

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

FENG SHUI: COMO A NOSSA ENERGIA PESSOAL INFLUÊNCIA.


"... . A cliente descrita anteriormente tinha um pouco mais de roupa do que a média. Se a tivesse dobrado, não teria tido qualquer problema em guardá-la no espaço que dispunha. Ao dobrar a sua roupa pode resolver quase todos os seus problemas de espaço..
Mas esse não é o único efeito da dobragem da roupa. O beneficio real é que você de tocar em cada peça de roupa. Quando passa as mãos pelo tecido, derrama nele a sua energia. A palavra japonesa para "cura" é te-ate, que significa literalmente "imposição das mãos". O termo tem origem antes do desenvolvimento da medicina moderna, ... . A energia que flui das mãos da pessoa para a nossa pele parece curar o corpo e a alma.
O mesmo é verdadeiro para a roupa. Quando pegamos na nossa roupa com as mãos e a dobramos cuidadosamente, estamos, creio eu, a transmitir-lhe a energia, o que tem nela um efeito positivo. Dobrar bem estica o tecido e faz desaparecer vincos, e torna o tecido mais forte e mais vibrante. Roupas que foram cuidadosamente dobradas têm uma capacidade de resistência e um brilho que pode ser logo discernido, distinguindo-as claramente daquelas que foram enfiadas ao acaso na gaveta. O ato de dobrar roupa é muito mais do que um método para ocupar menos espaço no armário. É um gesto de carinho, uma expressão de amor e apreço pela forma como essas roupas o apoiam. Portanto, quando dobramos, devemos fazê-lo com empenho, agradecendo às nossas roupas por protegerem os nossos corpos.
... . Mas assim que terminaram o meu curso, todos eles, sem exceção, disseram-me: "Dobrar é divertido!"".

transcrito do livro: Arrume a Sua Casa Arrume a Sua Vida. de Marie Kondo


Um dos pontos fulcrais no Feng Shui é a Organização e Limpeza, descrito muito bem por a Marie. A energia que colocamos é de uma importância fulcral e quando ao fazê-lo lhe pomos uma energia positiva, estamos também a energizar positivamente e a limpá-lo e organizá-lo não só fisicamente como também energéticamente o nosso ambiente. 
Organizar e Limpar pode ser divertido, é só querer!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

MAS O QUE TEM ISTO A VER COM FENG SHUI?

"... Só para dar um exemplo, uma vez, quando estava a ajudar a organizar a casa de uma aluna, deparei com uma plataforma giratória ... . Assim que a vi, tive a brilhante ideia de usá-la para lhe pôr em cima qualquer coisa, Tive dificuldade em decidir onde poderia ser usada, já que era muito grande e grossa, mas depois a minha cliente mencionou que tinha tantos molhos para salada que não conseguia mantê-los organizados. Abri o armário que ela me indicou e, com certeza, estava cheio de frascos de molho para salada. Tirei-os todos dali e tentei inserir o prato giratório. Encaixou na perfeição. Arrumei os frascos em cima dele et voilá! Conseguira um espaço que parecia tão arrumado e elegante como a montra de uma loja. Ela podia chegar aos frascos na parte de trás girando simplesmente o prato. Que conveniente! A minha aluna ficou encantada e tudo parecia perfeito.
Não demorou muito para que eu percebesse o meu erro. na nossa lição seguinte, verifiquei a cozinha dela. Enquanto a maior parte ainda estava limpa e arrumada, quando abri a porta do armário sob o lava-louça, vi que o interior estava um caos. Ao perguntar-lhe o motivo, ela explicou que cada vez que girava o prato, os ps frascos deslizavam e caíam. Além disso, ela tinha demasiado frascos, pelo que encostava os outros ao prato giratório, tornando mais difícil fazê-lo girar.
Como podem ver, eu estava tão concentrada em utilizar o prato giratório para criar uma solução organizativa surpreendente que não tinha realmente visto o que estava a pôr em cima dele - frascos que deslizavam e tombavam com facilidade. ..."

Retirado de : Arrume a sua casa arrume a sua vida de Marie Kondo


Mas o que tem isto a ver com Feng Shui?
Esta publicação está a ser feita para vos alertar o porquê do Feng Shui parecer por vezes que não funciona. 
Assim, como aconteceu com Marie Kondo, por vezes ao fazerem aplicações de Feng Shui não verificam tudo e não vêem no seu todo, a situação.
Uma das bases do Feng Shui é primeiro analisar seu todo e só depois analisar as partes e posteriormente verificar a resolução em relação seu todo, as consequências.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

FENG SHUI E O NATAL DE 2016

Velas
Os locais mais adequados para colocar as velas, na casa, durante a festividade de Natal de acordo com o Feng Shui é a Sul, Sudoeste e Noroeste e no centro da casa. 

Aromas
Utilizar óleos essenciais, fragrâncias ou incenso contribui para proporcionar um ambiente mais agradável e equilibrar as energias
Óleos essenciais de tangerina, limão, canela ou cravo são os mais indicados para esta época festiva. A fragrância de pinho, cipreste ou eucalipto proporcionam uma limpeza ambiental de energias nocivas. 
Plantas
É recomendado incluir dentro da decoração de Natal muitas plantas, de preferência no centro da casa, não só purificarem o ar como absorverem as energias, menos positivas. Este, Sudeste e Sul são os locais mais indicados para serem colocadas.

Alguns conselhos adicionais
Sendo em geral o Natal uma ocasião de reencontros e de reuniões familiares, aconselha-se a queimar um pouco de incenso antes de receber os convidados, o fumo sempre foi um fator de purificação, de tal forma que contribui para relaxar as tensões e o stress.
Além das fragrâncias já recomendadas um pouco de sálvia ou cedro em incenso, seria bom. Mais organização na sua casa, maior equilíbrio e melhores vibrações.

Já falamos de estimular a visão com cores e o olfato com fragrâncias, agora vamos falar de como estimular os outros sentidos: a audição deve ser estimulada com canções natalícias, para o tato texturas suaves ou quentes, como a lã, para o paladar vinho quente ou chocolate com canela.
A mesa de Natal deve ser redonda ou oval, para que haja melhor harmonia e convívio entre todos.





Desejamos a todos um Feliz Natal.